07 de abril: Dia Mundial da Saúde

Anualmente, no dia 07 de abril o mundo comemora o Dia Mundial da Saúde.
Especialistas reforçam que nessa data é importante às pessoas lembrarem-se de fazer exames preventivos com regularidade e ter hábitos saudáveis, que incluem a prática de exercícios diários e a adoção de uma alimentação balanceada. Todos estes fatores são importantes principalmente pois diversas doenças, quando diagnosticadas precocemente, têm melhor evolução ao serem tratadas. Além disso, exames preventivos são essenciais porque certos tipos de doenças podem não apresentar sintomas aparentes, como é o caso hipertensão arterial, diabetes, HIV, hepatites, dislipidemia (aumento de colesterol e/ou triglicérides).
Segundo a diretriz “Envelhecimento Ativo: uma política de saúde” da Organização Mundial de Saúde (OMS), até 2025,  o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos e mesmo assim, ainda é grande a desinformação sobre a saúde do idoso e as particularidades e desafios do envelhecimento populacional para  a saúde pública em nosso contexto social. Entre 1980 e 2000 a população com 60 anos ou mais cresceu 7,3 milhões, totalizando mais de 4,5 milhões em 2000. O aumento da expectativa média de vida também aumentou acentuadamente no país. Este aumento do número de anos de vida, no entanto, precisa ser acompanhado pela melhoria ou manutenção da saúde e qualidade de vida.
A OMS ainda destaca através desta diretriz que a adoção de estilos de vida saudáveis e a participação ativa no cuidado da própria saúde são importantes em todos os estágios da vida. Um dos mitos do envelhecimento é que é tarde demais para se adotar esses estilos nos últimos anos de vida. Pelo contrário, o envolvimento em atividades físicas adequadas, alimentação saudável, a abstinência do fumo e do álcool, e fazer uso de medicamentos sabiamente podem prevenir doenças e o declínio funcional, aumentar a longevidade e a qualidade de vida do indivíduo. Dietas ricas em gordura (saturada) e sal, pobres em frutas e legumes/verduras e que suprem uma quantidade insuficiente de fibras e vitaminas, combinadas ao sedentarismo, são os maiores fatores de risco de problemas crônicos, como diabete, doença cardiovascular, pressão alta, obesidade, artrite e alguns tipos de câncer.
Assim, neste dia Mundial da Saúde precisamos nos atentar para uma alimentação adequada e balanceada, praticar exercícios físicos regularmente, diminuir a auto-medicação, ter uma convivência social estimulante e atividades prazerosas que atenuem o estresse, hábitos favoráveis à saúde e à qualidade de vida contribuindo para um envelhecimento ativo e saudável.
Para saber mais:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone