Gastos com cuidador de idosos poderão ser abatidos do Imposto de Renda

Está sendo discutido no Senado Federal, através de sua Comissão de Assuntos Sociais (CAS) um projeto de lei que estabelece que os valores gastos para manter um cuidador de idosos seja descontado do Imposto de Renda. Se for transformado em lei, os contribuintes que tiverem esses gastos poderão abater a despesa, pagando menos no ajuste anual ou recebendo uma restituição maior.

O autor do texto é o Senador e médico, Waldemir Moka, que afirma que a atenção domiciliar tem muitas vantagens em relação à internação hospitalar, além de proporcionar convívio familiar mais intenso. A prática, no entanto, exige gastos elevados, que podem desequilibrar o orçamento familiar.

Moka lembra que, ao contrário das despesas com médicos, dentistas e outros profissionais da saúde, os gastos efetuados com cuidadores ainda não são dedutíveis da base de cálculo do imposto de renda, conforme a legislação atual. Na visão do senador, a adoção da medida resultará em alívio aos orçamentos das pessoas idosas com incapacidade e de suas famílias.

O projeto recebeu voto favorável do relator, senador Paulo Davim, que destacou a importância do trabalho do cuidador para evitar que o idoso sofra uma queda ou tenha outros problemas que possam debilitar sua condição ou mesmo resultar em internações hospitalares.

A proposta ainda precisa passar pela análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

Para saber mais: 

http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=116283

http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2014/04/16/gasto-com-cuidad…

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone